Quem matou Márcia?

        "Quem atirou nela?" Gritou Rogério logo após correr para o hospital, três minutos depois da morte de sua ex-mulher com uma bala na cabeça.
        "Só um minuto, Sr Rogério", disse o inspetor Thiago. “Nós precisamos fazer algumas perguntas de rotina. Apesar de divorciados, nos últimos seis meses você e sua esposa estavam morando na mesma casa, não é mesmo?”. “Isso mesmo.” Respondeu Rogério.
        “Tiveram algum desentendimento recentemente?”
        “Bem, ontem, quando eu disse que estava indo fazer uma viagem de negócios, ela ameaçou se matar. Na verdade, tirei dela uma garrafa de iodo quando ela estava prestes a bebê-la. Quando saí ontem a noite às sete, no entanto, dizendo que estava passando a noite com amigos em Fortaleza, ela não fez nenhuma objeção. Quando regressei hoje a tarde a São Paulo, liguei pra casa e a emprega atendeu.”
        “O que exatamente ela disse?” Perguntou Thiago.
        “’Oh, Sr Rogério, levaram a senhora Márcia para o hospital Givanildo Medina, meia hora atrás. Por favor, se apresse.’ Ela estava chorando, então eu não entendi nada, apenas corri para cá. Onde está a Márcia?”
         “A enfermeira irá orientá-lo.” Disse Thiago com um aceno.
        “Um caso estranho esse, inspetor” Disse o policial Fábio. “Esses casamentos modernos são um pouco demais para mim, sei não, viu...um homem e uma mulher morando juntos mesmo estando divorciados há seis meses!”
        “Um caso estranho mesmo, Fábio”. Ponderou o inspetor Thiago. “E é melhor a gente prender o senhor Rogério. Se ele mesmo não a matou, com certeza sabe quem o fez.”
        Por que o inspetor aconselhou o policial Fábio a prender o senhor Rogério?

 

 

 

 


contato: contato@charadaslegais.com.br

Política de Privacidade